Sono e biorritmo

Created with Sketch.

Sono e biorritmo

Uma boa noite de sono é necessária a qualquer ser vivo. Nós seres humanos também precisamos deste descanso, que deve ser de no mínimo 8 horas ao dia. O sono contribui para vários processos no nosso corpo, desde o aprendizado, equilíbrio emocional, melhoria da memória e até a eliminação de toxinas e emagrecimento. No sono encontramos a recuperação e manutenção indispensável à vida.
É sabido que o sono se divide em 2 partes: o sono REM (rapid eye movement – movimento rápido dos olhos) e o Não-REM. O sono Não-REM é dividido em 3 ou 4 etapas, dependendo da literatura pesquisada. A primeira etapa é caracterizada por uma sonolência, é conhecida por alguns como estágio hipnagógico, quando estamos entre o estado de vigília e o sono. Neste estágio, sentimos leveza no corpo, um relaxamento muscular. Na segunda etapa já há o sono, e o cérebro começa a diminuir sua atividade e a baixar sua frequência. Neste estágio podemos ter sonhos. Na terceira etapa, que pode ser dividida em duas (sono e sono profundo), ocorre o sono profundo. Este estágio tem uma função muito importante: a secreção de substâncias que ajudam o metabolismo de proteínas e diversas outras funções metabólicas, como o próprio crescimento.
O sono REM é caracterizado pelo movimento rápido dos olhos e uma grande atividade cerebral. Neste estado do sono, a atividade onírica é intensa. Ele representa em torno de 20 a 25% do sono total e é vital para o bem estar físico e mental dos indivíduos.
Pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, fizeram uma pesquisa com dois grupos de jovens, um grupo que dormia 8 horas e outro que não atingia essa mesma carga de sono. Com isso, eles descobriram que há um aumento de moléculas produzidas no cérebro no sangue das pessoas que não dormem. Tais moléculas são eliminadas, normalmente, quando há lesões cerebrais. Sendo assim, constataram que a falta de sono pode promover processos de neurodegeneração. Em contrapartida, uma boa noite de sono auxilia na manutenção da saúde do cérebro.
Outro estudo, da Universidade de Rochester, mostra que durante o sono eliminamos toxinas do cérebro que acumulamos durante o dia. Algumas dessas moléculas de toxinas eliminadas é a proteína beta-amiloide, que é ligada ao mal de Alzheimer, quando em excesso.
O sono tem função essencial em relação ao bem estar do ser humano, tanto nos aspectos físicos como psíquicos. Se não dormimos bem, ficamos cansados, irritáveis, incapazes de tarefas, desde simples àquelas mais complicadas. Temos, muitas vezes, a sensação de sonolência e uma grande vontade de dormir, pois o organismo tende a repor o sono em falta.
São várias as doenças envolvendo o sono. Desde a dificuldade para dormir, acordar constantemente durante a noite, ronco, apneia ou até sono durante o dia. Tais distúrbios do sono podem ser tratados e, alguns apresentam melhoras com pequenas mudanças no nosso cotidiano.
Uma boa noite de sono nos faz ter mais energia durante o dia, melhora nosso humor e nos traz mais saúde e bem estar. Além disso, para nós, é primordial para impulsionarmos a energia taquiônica e, conseqüentemente, desenvolver nossas habilidades extrassensoriais.
E você, dormiu bem hoje?

Compartilhe

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *